Atividades para idosos com música, conheça a Musicoterapia

Quando a idade avança, muitas pessoas acabam deixando o lazer de lado. Contudo, ter um momento de descontração é muito importante para o bem-estar. É por conta disso que as atividades para idosos com música são essenciais.

Conhecidas como musicoterapia, elas trazem uma série de benefícios para a saúde de quem já está em idade mais avançada. Basicamente, ela mistura músicas com diferentes tipos de ações que estimulam o cérebro dos participantes, fazendo eles se sentirem bem.

Além disso, ela também é um método de socialização muito eficaz. Tendo em vista que conforme ficamos mais velhos, a tendência é se isolar, esse tipo de abordagem acaba trazendo uma nova perspectiva sobre envelhecer.

Por isso é importante conhecer quais atividades a casa de repouso oferece ao seus entes queridos.

Quais os benefícios das atividades para idosos com música?

A musicoterapia é um tratamento muito indicado para pessoas que chegaram a Terceira Idade. Isso porque, além de auxilia-los a lidar com as mudanças psicológicas dessa fase, a técnica oferece vários benefícios, tais como:

  • Estimula a fala

Por conta do envelhecimento, coisas simples do cotidiano acabam ficando mais difíceis, como, por exemplo, falar. As atividades para idosos com música estimulam os participantes a exercitar a fala.

  • Aumenta a criatividade

Esse tipo de tratamento é eficaz por que também age diretamente na criatividade do paciente. Ele é convidado a expressar seus pensamentos e sentimentos por meio de canções, o que estimula a atividade cerebral.

  • Combate a depressão

O contato com outras pessoas, bem como a exposição de sentimentos e emoções ajuda a combater a depressão. As atividades para idosos com música acabam se tornando uma ferramenta de apoio psicológico.

  • Consciência corporal

O envelhecimento também dificulta os movimentos. Com a musicoterapia, o paciente a ter mais consciência sobre o seu corpo, fortalecendo os seus músculos e estimulando os movimentos corporais.  

  • Reduz o estresse

A música age diretamente na produção de hormônios como a serotonina. Ou seja, além de diminuir o estresse, ela também melhora o humor e estimula o bem-estar.

  • Socialização

Outro benefício das atividades para idosos com música é que elas estimulam a socialização. Assim, os praticantes são convidados a trocarem experiencias e criarem laços de amizade.  

A musicoterapia é um tratamento reconhecido?

Esse tipo de tratamento não é só reconhecido, como, também, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso porque, ele não age apenas no corpo do paciente, mas, também, na sua mente.

Vários estudos já comprovaram que a música tem uma ação poderosa nos processos cognitivos. Cantar por alguns minutos é tão ou mais estimulante que uma série de medicamentos.

Além disso, outra vantagem das atividades para idosos com música é que elas não possuem efeitos colaterais, como os remédios. Ou seja, é possível praticá-las de forma tranquila e segura.

Cuidados na hora de procurar atividades para idosos com música

Apesar da musicoterapia estar se popularizando cada vez mais, é preciso tomar cuidado na hora de procurar esse tratamento. É essencial que em sua busca você se atente aos seguintes elementos:

  • Infraestrutura: Se o local oferece um espaço e equipamentos adequados para a realização das dinâmicas;
  • Profissionais: Se o espaço conta com colaboradores especializados em musicoterapia;
  • Quantidade de sessões:  Número de vezes que as aulas são realizadas;
  • Metodologia: Como as dinâmicas são aplicadas dentro da sala.

Se atentando a esses cuidados, ficará mais fácil escolher as melhores atividades para idosos com música, bem como o espaço ideal. Por isso, sempre leve em conta esses elementos.

Gostou dessa opção de tratamento? Então acesse o site do Residencial Serenidade e veja as atividades que são oferecidas. Aproveite e confira também o posto “Conheça o lazer e recreação dos idosos em instituições de longa permanência”



1 comentário

Deixe uma resposta