Como detectar maus tratos a idosos

Infelizmente, no Brasil, os casos de denúncias contra maus tratos a idosos crescem e se destacam anualmente. Neste cenário, escolher uma pessoa para ficar responsável pelo seu ente querido não é tarefa fácil, já que muitos fatores devem ser considerados durante a escolha e muitas incertezas podem surgir. Assim, muitas famílias têm optado por escolher casas de repouso específicas para os idosos, local onde o paciente recebe toda atenção e cuidados médicos de saúde necessários para o seu bem estar e boa qualidade de vida.

A casa de repouso possui uma legislação interna e tem definidas regras claras para garantir mais segurança aos familiares e mais cuidados aos idosos. Estar ciente dos cuidados necessários para o seu ente querido e, ainda sim, continuar atento à qualquer sinal de abandono ou abuso é uma tarefa contínua e de grande responsabilidade da família.

Muitas vezes os idosos não tem coragem, ou mesmo condições, de reclamar ou contar para alguém sobre os maus tratos que estão sofrendo. Por isso, se você tem interesse em conhecer alguns sinais que possam ajudar a identificar, com mais facilidade e rapidez possíveis, situações abusivas, confira abaixo alguns sintomas de maus tratos a idosos com idosos e dicas para você ficar atento:

Hematomas e Ferimentos

Fique atento à possíveis roxos, hematomas ou até ferimentos que podem aparecer na pele do seu familiar. Esse é, normalmente, o primeiro sinal a ser notado e o mais urgente, pois os maus tratos estão afetando a saúde do seu familiar. Não é normal ter hematomas inexplicáveis pelo corpo, principalmente quando se tratam de idosos! Por isso, fique atento e evite que seu ente querido passe por situações abusivas. Quando perceber hematomas inexplicáveis, investigue o assunto ou faça uma denúncia.

Sinais de desnutrição

A perda de peso e falta de apetite também pode ser um sinal de maus tratos a idosos e pode indicar tanto situações abusivas, como uma má alimentação. Para uma boa recuperação de um idoso e para garantir longevidade e qualidade de vida, a alimentação é um fator essencial. Por isso, fique atento aos sinais de desnutrição, eles são extremamente prejudiciais aos idosos e podem indicar situações abusivas. Se atente e, se necessário, investigue a situação a fundo para confirmar os maus tratos.

Sonolência Excessiva

Para além dos abusos psicológicos e maus tratos físicos, idosos com sonolência excessiva podem representar casos de uso de medicamentos sedativos em alta dosagem, sem prescrição médica. Por isso, fique atento aos sinais e, caso seu familiar apresente mais sono do que o normal, procure observar a dosagem de medicamento e procurar o médico responsável.

Alterações de comportamento

Como dito anteriormente, muitas vezes os idosos não tem coragem, ou até mesmo condições, de denunciar os maus tratos que estão sofrendo, por isso é muito importante que os familiares e amigos prestem atenção aos sinais não verbais que os idosos podem apresentar.

Mudanças de comportamento e de humor, principalmente quando próximas à alguém específico, são sinais de maus tratos ou de uma relação abusiva. Preste atenção: se o seu familiar idoso apresentar alguma mudança de comportamento quando estiver próximo à alguém fique atento para possíveis maus tratos que estejam acontecendo.

Doenças Inesperadas

Outro sinal de maus tratos a idosos que poucas pessoas consideram é o surgimento, repentino e frequente, de doenças facilmente controláveis, mas que não apresentam melhora por causa da falta de tratamento adequado.

Nesse sinal, a casa de repouso pode ter uma importante opção, pois além de garantir a segurança dos idosos também possui profissionais formados e prontos para auxiliar na reabilitação e recuperação de doenças, sejam elas com tratamento mais simples ou mais complexas.

Outros sinais de maus tratos para você ficar atento são, por exemplo: quedas frequentes,troca frequente de médicos por sugestão do cuidador, óculos quebrados com frequência, higiene precária com poucas trocas de roupas, escaras em muitos locais do corpo e também a recusa do cuidador em deixar o idoso com outras pessoas.

Embora, normalmente, os casos de maus tratos a idosos sejam perceptíveis inicialmente na parte física, eles não se limitam aos abusos físicos e podem, muitas vezes, também ser classificados como abusos psicológicos. Assim, quando for visitar ou se conviver com um idoso, considere as situações que ele está inserido e, caso note qualquer indício de maus tratos, denuncie na Polícia Civil ou através do número *100, pela violação dos direitos humanos.



Deixe uma resposta