Integração social e familiar na promoção da saúde dos idosos

Você sabia que a integração social na promoção da saúde dos idosos é essencial? É por meio das interações interpessoais que eles conseguem melhorar o convívio diário, bem como a qualidade de vida.

Isso porque, os seres humanos têm a necessidade de fazer parte de um grupo. Desde os primórdios da humanidade, sempre estamos em busca de um sistema para se integrar, e, assim, se sentir parte de algo.

Quando envelhecemos isso não é diferente. Na verdade, essa interação se torna ainda mais importante. Isso porque, ao envelhecer, sentimos a necessidade de ficar mais próximo de outros indivíduos.

Por conta disso a integração social na promoção da saúde dos idosos é um elemento indispensável. Mais do que uma forma de fazer o indivíduo se sentir acolhido, ela também age diretamente na qualidade de vida.

Integração social na promoção da saúde dos idosos, quais os benefícios?

A interação com outras pessoas traz uma série de benefícios. Mais do que proporcionar momentos únicos, ela age diretamente no bem-estar do idoso. Confira abaixo o porquê essa atividade é tão importante.

  • Melhora a autoestima pessoal

A integração social na promoção da saúde dos idosos auxilia a melhorar a autoestima pessoal. Isso porque, ao entrar em contato com outras pessoas, o idoso passa a perceber suas qualidades.

  • Compartilhamento de emoções

Expor os sentimentos é essencial quando envelhecemos. Esse processo gera uma série de mudanças psicológicas. É por meio da interação com outras pessoas que o idoso conseguirá demonstrar o que está sentindo.

  • Desenvolvimento de laços

Criar relacionamentos também é fundamental. Com esses laços, o indivíduo consegue lidar melhor com o envelhecimento, principalmente por que ele tem ao seu redor pessoas que entendem suas necessidades.

  • Ajuda a lidar com perdas

Infelizmente, as perdas de entes queridos são inevitáveis. A integração social também tem um papel fundamental nesse sentido. Isso porque ela ajuda o idoso a lidar melhor com os entes queridos que partiram.

O compartilhamento de experiências e emoções faz com que ele entenda melhor esse ciclo da vida. Assim, ele conseguirá lembrar de seus amigos e familiares que faleceram com boas lembranças.

Você também pode gostar destes artigos:

Quando um idose se torna dependente das pessoas?

Como ajudar seus pais idosos a se mudarem para uma casa de repouso

Atividades que promovem a integração social

A integração social na promoção da saúde dos idosos é um fator chave no bem-estar. É possível promovê-la de diferentes maneiras. Confira abaixo algumas das atividades promovidas no Residencial Serenidade.

  • Terapia ocupacional: Trabalha com diferentes atividades que envolvem coisas do cotidiano, e promove o aprendizado de novas habilidades;
  • Musicoterapia: Mistura músicas e dinâmicas diferenciais para exercitar a fala, os movimentos e a criatividade;
  • Oficina da memória: Por meio de exercícios simples, trabalha a memorização de informações;
  • Fisioterapia em grupo: Atividade física que promove a reabilitação de movimentos, bem como o controle da respiração;
  • Festas: Realizadas em datas comemorativas, tem como objetivo promover a interação entre participantes, colaboradores e visitantes.

A integração social na promoção da saúde dos idosos é indispensável. Por conta disso, praticar esse tipo de atividade interfere diretamente na qualidade de vida dos idosos.

A interação é a chave para promover o bem-estar

O bem-estar só pode ser proporcionado por uma vida plena. Para isso, corpo e mente precisam estar em equilíbrio. É aí que a socialização se torna uma ferramenta essencial.

Com a integração social na promoção da saúde dos idosos, os indivíduos passam a compartilham suas experiências e a viver de forma conjunta. Logo, fica mais fácil passar pelos desafios do envelhecimento.

Quer saber mais sobre como esse tipo de interação é essencial na Terceira Idade? Então confira o site do Residencial Serenidade. Aproveite e confira o artigo “7 benefícios da arteterapia para idosos”



Deixe uma resposta