Mantenha o Bem-Estar e a Memória Ativa

Pode parecer que não, mas é mais do que possível se envelhecer com uma boa qualidade de vida. Para manter o bem estar a medida em que se envelhece, é necessário estar atento a alguns fatores como o bem estar físico e psicológico, o nível de independência em que o idoso se encontra, o meio social em que ele vive, a religião, o que ele faz em seus momentos de lazer e outros. Simplificando um pouco, envelhecer com bem estar e com boa qualidade de vida significa estar em plena satisfação com sua atual vida e estar sempre com boas expectativas em relação ao futuro.

Ter uma vida adulta com atividades físicas regulares, boa alimentação, um ritmo de sono bom e de trabalho também, ajuda a sua saúde mental a se manter forte, pode parecer estranho, mas é na velhice que você precisará contar com ela diariamente, então nada melhor do que a manter em ativa e saudável. A saúde do corpo é complemento da boa mente.

Hoje, alguns estudos vêm considerando que há uma boa queda na qualidade de vida dos brasileiros após a aposentadoria, isso por conta, muitas vezes da quebra de atividades rotineiras que ajudam na forma física, intelectuais e mentais da pessoa. Por isso, é bom que se tenha um planejamento adequado para quando chegar na terceira idade, não sinta falta disso, principalmente na parte física que deve-se desenvolver atividades como caminhar, alimentação, o banho, coisas simples e cotidianas, que com a idade se aproximando  tornam-se difíceis de se realizar, principalmente quando se é sozinho.

É bom saber e manter o limite entre o que queremos e podemos realizar, pois saber diferenciar isso é inevitável no processo de envelhecimento. Hoje por não saberem diferenciar isso, há um número significativo de idosos com doenças crônicas específicas somente para esta fase da vida, porém, é fácil se manter de bem. É bom sempre buscar e misturar a criatividade com o lazer e nunca se esquecer dos cuidados com a saúde.

RELAÇÕES SOCIAIS NA TERCEIRA IDADE JUNTO COM A BOA MEMÓRIA

A memória sem dúvidas é a parte mais afetada quando se trata de cuidado com idoso, muitas vezes até mesmo por falta de atividades que venha a executá-la e até mesmo as relações com simples um conversar para manter o que já nela existe, como as lembranças de toda uma vida.

Algumas pessoas até acham que com a chegada da idade, as pessoas deixam de se socializar, tornando-se mais tristes com a vida. Tem-se o pensamento de que neste estágio deixa-se de se desenvolver e o que se faz é somente adoecer e se afastar. Mas existem várias possibilidades de que a pessoa idosa se mantenha bem e ativa em todos os critérios.

Hoje, existem vários espaços dedicados a terceira idade, são instituições que somente trabalham com esta faixa etária e que procuram sempre mantê-los bem e ativos é o caso do Residencial Serenidade. Temos os Centros de Convivência, Centros Dia, Universidade para a Terceira Idade, Centros de Referência e vários outros voltados somente para eles. Nestes espaços é possível encontrar atividades em grupo com diferentes objetivos entre si. Porém, a interação que se faz entre os idosos ajuda a desenvolver seu bem estar, e exercício constante com a memória e bom condicionamento físico.

Deve-se lembrar de que a interação social do idoso, não deve se limitar somente a estes encontros com pessoas da mesma faixa etária, e sim com os familiares também, estar em contato com atividades e pessoas de dentro de seu bairro, grupo de sua religião, e outros. Quando o assunto é contato com outras pessoas, deve-se observar e lembrar que a qualidade deve estar a frente do que a quantidade, pois a capacidade da interação da pessoa vai variar de um para outro.

As relações sociais com certeza é o que promove melhor bem estar mental ao idoso. A falta de interação pode causar severos efeitos negativos na capacidade cognitiva do idoso e levar até a depressão. Ter o bom controle pessoal e emocional traz sempre uma influência positiva no bem estar psicológico de cada um.

A interação social é na verdade como um meio de proteger o idoso e mantê-lo na idade ativo e saudável. É bom para todos ter isso em mente, para quando chegarmos lá, não nos sentirmos desamparados e sozinhos.

QUALIDADE DE VIDA PARA O CORPO

Quando se fala em idoso já se pensa em saúde, e com certeza até mesmo os próprios idosos vêm investindo na prática de exercícios físicos para uma boa saúde mental e física.

É normal que com o passar dos anos, haja mudanças em nosso corpo, com isso, costumamos diminuir a quantidade de atividades voltadas para o corpo, o que gera um acúmulo de gordura que pode trazer doenças preocupantes como a hipertensão, diminuição de massa corporal e principalmente de nossa força muscular, não tem porque ela funcionar que não é motivada a realizar sua função. Os ligamentos costumam se desgastar o que pode trazer inflamações e dores fortes.

Praticar exercícios como hidroginástica e musculação (claro que com o acompanhamento de um treinador físico), pode ajudar a amenizar estas grandes mudanças no corpo que aparecem com o envelhecimento. Essas atividades por mais simples que pareçam melhoram a capacidade aeróbica, reduzindo até o risco de se desenvolver uma osteoporose e dores por inflamação de músculos e articulações.

As atividades também têm como função ajudar a desenvolver a capacidade motora, que fica em falha algumas vezes neste momento da vida, trazendo com ela também a flexibilidade, o maior equilíbrio físico e mental, uma melhora na velocidade do reflexo, sem falar na boa sensação que lhe traz a prática dos exercícios.

Para conseguir driblar um pouco as consequências desta idade o conselho é sempre se manter ativo com leves caminhadas e não se esquecer nunca de se alongar antes e depois. Também se é recomendado aulas de dança a hidroginástica como já citado, nadar, pedalar e outras inúmeras atividades que ajudarão a se manter visivelmente saudável.

A alimentação também é importantíssima, tenha sempre um cardápio variado, saudável e saboroso. Faça sempre a ingestão de frutas e verduras em abundância, de preferência mais de cinco vezes ao dia. Coma sempre o feijão, pelo menos na hora do almoço e mais de quatro vezes na semana, ele é muito rico em vitaminas. Deixe de lado alimentos gordurosos como frituras e salgadinhos. Diminua a quantidade de sal. Nunca deixe de fazer as alimentações importantes do dia como o café da manhã, o almoço e a janta e lembre-se sempre de comer algo entre estas refeições como uma fruta. Beba sempre bastante liquido de preferência água e sucos naturais, evite o álcool e o refrigerante. Não extrapole nos doces, biscoito e outros alimentos que tenham um alto teor de glicose. Coma-o de forma moderada sempre.

Consumir todos os nutrientes é de suma importância para este momento, ele trará o bom funcionamento de seu organismo e trabalha para a prevenção de doenças como a temida diabetes que afeta muitas pessoas quando idosas. Procure sempre ter uma alimentação rica em zinco, cálcio, vitamina D, fibras, potássio, ômega-3 e outros. Procure um nutricionista, ele saberá te orientar adequadamente.

ALGUMAS DICAS PARA SE ENVELHECER BEM

  • Viver é estar sempre em plena atividade, e este sem dúvidas é o elixir para a eterna juventude. Não diminua suas ocupações para se adequar a requerimentos de família e rotinas.
  • Mantenha-se sempre o mais independente possível, sua liberdade significa seu momento com você, mesmo que seja dentro do seu quarto.
  • Você é o banco da sua bolsa sempre, sempre que puder e quiser ajudar os filhos e os netos, faça! Reserve sempre uma parte para você e eventuais emergências que possam aparecer.
  • Sempre cultive as boas amizades, esteja sempre cercado por sua família e por seus cuidados. Se no caso a memória estiver em falta com você, tenha um diário. Descreva seus momentos importantes, procure sempre compartilhar isso com as pessoas que lhe querem bem, faz bem para os outros e para você.
  • Cuide de sua aparência sempre que possível, não deixe de ser vaidoso só porque está mais ‘enrugado’. Não seja um ‘velho’ relaxado que não faz as unhas ou nem corta a barba.
  • Seja sempre uma pessoa educada e cordial com todos que o cercam, principalmente com os vizinhos. Ter um bom relacionamento com eles é importante, principalmente, porque alguns parentes moram longe.
  • Procure não meter o nariz onde não é chamado, depois de casados os filhos devem aprender a colocar em prática o que foi ensinado por você. Demonstre sua opinião ou ajuda somente quando requisitado.
  • Quando estiver com os cabelos brancos, não deixe que eles tomem conta de seu cérebro e o torne um “velho ranzinza”. Nunca se esqueça de que a paciência tem limite, e nunca faça com o outro aquilo que não se quer para você.
  • Não seja uma pessoa com atos repetitivos, quem olha muito para trás costuma tropeçar no presente e muitas vezes, perde os presentes que o futuro pode lhe trazer.
  • Deixe que sua marca registrada seja a humildade. O amor sempre prevalece independente da idade!