O que fazer para evitar problemas de memória na terceira idade?

Com o passar do tempo é muito comum que as pessoas sofram com a memória. Pensando nisso separamos diversas dicas para você avaliar quais são os problemas de memória na terceira idade e como eles podem ser evitados.

Com o processo de envelhecimento é muito comum que o nosso organismo passe por diversas modificações. Este processo começa por volta dos 60 anos e ocorre de forma gradativa. Não há como reverter os sintomas do envelhecimento.

Separamos para vocês, neste artigo, diversas dicas de como lidar com os problemas de memória na terceira idade. Conheça-as e saiba como lidar.

Como saber se alguém está com problemas de memória na terceira idade?

Fatos comuns como esquecer uma chave, ou não lembrar qual foi o jantar de dois dias atrás são corriqueiros a qualquer pessoa. Isso ocorre devido a diversos motivos como o excesso de atividades realizadas durante o dia e até mesmo o estresse.

Porém há uma diferença entre a perda de memória e falta de atenção. O esquema é bem simples. Quando você realiza muitas coisas ou faz uma atividade pensando em outra seu cérebro não registra a informação o que faz com que você não lembre.

Já na perda de memória a informação foi processada pelo cérebro, porém foi perdida. E é isso que acontece na terceira idade.

Os problemas de memória na terceira idade tem origem, como dito antes neste artigo, no processo natural de envelhecimento. Eles são causados pela morte dos neurônios neste período da vida.

É algo normal que deve ser investigado somente se prejudicar a execução das atividades diárias. Quando os problemas de memória na terceira idade começam a atrapalhar a rotina do idosos a ajuda médica é recomendada.

Dicas de como prevenir problemas de memória na terceira idade

A sua memória deve ser exercitada e bem cuidada como qualquer outra parte do corpo. Vale lembrar que o quanto antes isso for feito melhor, ou seja, não adianta buscar seguir estas regras quando chegar à terceira idade.

Separamos diversas dicas que prometem auxiliar a ter uma memória saudável durante toda a vida, inclusive estar preparado para enfrentar possíveis problemas na terceira idade. Confira as dicas a seguir:

  • Dormir bem: no período que estamos dormindo o nosso organismo consolida a aprendizagem adquirida durante o dia, além de reunir as informações obtidas durante todo o dia, o que exercita a memória.
  • Não fumar cigarros: o cigarro danifica a parede das artérias, esse fator contribui para que o nível de gordura no sangue aumente e o funcionamento do cérebro seja prejudicado.

Dando origem a um processo que leva a formação de coágulos, que podem causar diversos problemas de saúde, sendo o principal o AVC, que mata os neurônios na região onde acontece e leva à morte.

  • Tratar a depressão: os problemas de memória na terceira idade podem ser agravados caso a pessoas não trate seus problemas de depressão.

Os hormônios liberados quando a pessoa possui essa doença, como o cortisol, diminuem as células responsáveis pela manutenção da memória.

  • Diminuir o consumo de álcool: altas quantidades de bebidas alcoólicas são tóxicas para o bom funcionamento do cérebro.

Ele queima os neurônios e prejudica diversas atividades realizadas pelo nosso organismo.

  • Ler bastante: você já deve ter ouvido falar que ler também é um exercício? E isso é verdade! Quando você lê exercita a sua memória. A leitura desperta a atenção e colabora para a memorização.
  • Alimentação saudável: a glicose é essencial para que o cérebro funcione. Por isso é preciso que você invista em uma alimentação saudável e nutritiva para atender às necessidades de nutrientes do seu cérebro.

Porém, vá com calma com o açúcar. Em excesso, segundo estudos, ele prejudica o processo de memorização.

  • Fazer exercícios físicos: a prática de exercícios físicos traz somente benefícios para a saúde das pessoas. Além do controle da gordura corporal e do colesterol alto, os exercícios estimulam a formação de neurônios.
  • Faça palavras cruzadas: pode parecer simples, mas preencher palavras cruzadas com frequência estimula o funcionamento do cérebro, o efeito é parecido com o alcançado pela leitura e causa distração.
  • Controle a sua hipertensão: esta doença torna os vasos sanguíneos do cérebro mais estreitos o que prejudica a circulação do sangue e pode levar até ao derrame, um mal capaz de matar os neurônios.
  • Tome café: de forma moderada o cafezinho diário tem a capacidade de ajudar na fixação de informações na memória.
  • Diminua os níveis de colesterol: a diminuição de colesterol é extremamente necessária para que você não apresente problemas de memória na terceira idade.

O colesterol ruim quando em níveis altos entope as veias de todo organismo inclusive do cérebro.

A quantidade de colesterol pode ser abaixada através da prática de exercícios físicos e controle da alimentação.

Colocando em prática essas dicas hoje você evita problemas de memória quando atingir a terceira idade. Cuide bem de você! A sua saúde não tem preço!



Deixe uma resposta