Por que os idosos têm depressão? E qual o tratamento?

Você sabe por que os idosos têm depressão? Apesar dessa doença ter ganhado mais destaque nos últimos anos, a maioria das pessoas aponta ela como um distúrbio apenas em pessoas jovens e adultas.

Contudo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 12% da população mundial acima de 60 anos sofre dessa doença. E as projeções para os próximos anos são ainda piores.

A entidade estima que até 2050, essa taxa chegará em 22%, ou seja, 2 bilhões de indivíduos. Por conta disso, é muito importante saber quais motivos desencadeiam esse distúrbio, e de que forma ele pode ser tratado.

Motivos do porquê os idosos têm depressão

Os motivos do porquê os idosos têm depressão são vários. Mudanças no dia a dia, rotinas monótonas ou cheias de tarefas, fatores genéticos. Tudo isso pode acabar gerar um quadro depressivo. Entre os elementos mais comuns estão:

Esses são apenas alguns dos motivos do porquê os idosos têm depressão. Todos irão envelhecer um dia. Contudo, algumas pessoas têm mais dificuldade de passar por esse processo do que outras.

Principais tratamentos para o estresse na terceira idade

Agora que você já sabe por que os idosos têm depressão, é preciso entender como tratar desse distúrbio. Um dos problemas dessa doença na terceira idade é que ela precisa de tratamentos mais delicados e focais.

No caso dos medicamentos, por exemplo, eles precisam ser dosados de forma equilibrada. Mas não é apenas com medicação que é possível tratar a depressão. Confira abaixo outras maneiras:

  • Acompanhamento psicológico

Ter um acompanhamento de um psicólogo é essencial. O profissional irá buscar entender a raiz da depressão, e tratar do quadro de dentro para fora, fazendo com que o paciente também busque seu bem-estar

Misturando diferentes dinâmicas musicais, a musicoterapia também é uma excelente maneira de tratar a depressão. Além de estimular a criatividade dos participantes, ela também ajuda no fator sociabilidade.

  • Atividades em grupo

Outra maneira de tratar esse distúrbio é com o convívio social. Ao entrar em contato com outras pessoas, o idoso tende a se sentir parte de algo, o que estimula o seu bem-estar.

Além disso, as atividades em grupo também trabalham outros aspectos da rotina do participante. A criação de vínculos, troca de experiências, a exposição de sentimos, tudo isso acaba sendo benéfico.

Os exercícios físicos também são excelentes opções de tratamento. As atividades físicas, além de trazerem benefícios para o corpo, também estimulam o cérebro.

Elas estimulam a liberação de diversos hormônios, incluindo a serotonina. Essa substância tem um papel fundamental no humor e na sensação de bem-estar.

A prevenção é essencial 

Agora que você já sabe por que os idosos têm depressão, é essencial falar sobre prevenção. Esse distúrbio é extremamente complexo, e vem atingindo cada vez mais pessoas. Não é à toa que o Brasil é um dos países com mais casos da doença.

A melhor maneira para não sofrer com o distúrbio é a prevenção. Ela deve ser uma regra para quem está na terceira idade. Isso porque, quando envelhecemos, nosso corpo e mente ficam mais suscetíveis a doenças.

 

Para se prevenir, você deve manter hábitos saudáveis. Se alimente bem, pratique exercícios, encontre atividades em grupos. Assim, você não terá nenhum dos motivos do porquê os idosos têm depressão.

Que tal conhecer algumas das atividades que o Residencial Serenidade oferece para quem sofre desse distúrbio? Visite o site e aproveite para conferir o artigo “Centro de convivência e hospedagem para idosos em Belo Horizonte”.



Deixe uma resposta