Razões que definem a necessidade de uma casa de repouso

Casa de Repouso ou da Família: Qual devemos escolher?

Diferente de muitos jovens que desejam a tão ilustre independência para morar sozinho, quem está na terceira idade sequer pensa em ter uma casa exclusivamente para ele.

As razões para isso são inúmeras. A primeira é que na terceira idade é muito comum os acidentes domésticos. Para se ter uma ideia, a lesão acidental é a sexta maior causa de mortalidade entre pessoas de 75 anos. Por isso, morar com os familiares ou em uma casa de repouso ajuda a evitar a realização de tarefas no dia a dia, nas quais originam algum risco de queda.

Outro motivo é que nessa faixa etária é um momento em que a pessoa está mais propícia a ser acometida pela depressão. Especialmente entre aqueles que perderam entes ou amigos queridos e que não costumam a ter uma vida muito ativa. Sendo assim, morar com outras pessoas é a melhor escolha.

No entanto muitos idosos e, até mesmo, familiares dos mesmos ficam em dúvida em relação a melhor opção para se residir. Surge então um dilema: é melhor morar com os filhos ou morar em uma casa de repouso?

Segue vantagens e Desvantagem da casa de repouso

Escolher uma casa de repouso é uma deliberação que gera muita polêmica. Muitos creem que são lugares ruins, são destinados aos idosos que foram completamente abandonados pela família. Em algumas situações esse ponto de vista pode estar correto.

Porém temos que avaliar o outro lado, o qual a casa de repouso é avaliada como um local de tranquilidade. Nessa avaliação acredita-se que a casa de repouso proporciona oportunidades, conforto e facilidades que nenhum outro lugar oferece.

Independente dos motivos que induzem o idoso ou o familiar por escolher pelas casas de repouso é indispensável avaliar os prós e os contras dessa decisão. O mais importante é ressaltar se há outras alternativas e compará-las cuidadosamente.

A decisão de escolher por uma casa de idoso não é definitiva, mas, caso a decisão vá contra a vontade de quem vai ser hospedado esse descontentamento pode desencadear problemas mais sérios. Dentre eles estão a depressão e o desenvolvimento de demência.

Segue alguns prós e contras das casas de idosos para que possa ser tomado uma decisão correta.

 Casa de idoso

 Vantagens:

As vantagens de escolher por hospedar-se ou hospedar um familiar em uma casa de idosos são distintas. Elas envolvem questões de segurança, saúde e conforto. Mesmo que as vantagens possam ser encantadores é importante constatar se é isso mesmo que o idoso deseja.

  • Quando o idoso exibe dificuldades para executar tarefas básicas

Existe uma parcela dessa população que a casa de repouso talvez seja uma boa opção. Existem lares que têm atividades diárias que estimulam os músculos do corpo e a mente e isso pode ser positivo para os idosos mais dependentes.

Além disso, esses lares possuem toda uma equipe de enfermeiros, cuidadores e até médicos que auxiliam diariamente os hóspedes.

 

 

 

  • Quando o idoso já não tem parentes preparados para te ajudar

Esse item pode parecer triste, já que determinados idosos não podem mais contar com a ajuda de familiares para suas tarefas. Em determinados casos é possível que essa pessoa já não possua parentes vivos.

Deste modo, a casa de idosos é aconselhada pois o convívio com os outros hóspedes ajuda a combater a solidão.

  • Atendimento emergencial

Essa é uma vantagem para ser levada em conta quando você escolhe por uma cada de repouso. Quando você está em uma casa de repouso e algum problema de saúde ocorre, há pessoas adequadas de te socorrer qualquer momento.

Desvantagens da casa de repouso:

  • Atividades cotidianas

Quando você se hospeda em uma casa de repouso, de maneira inevitável fica mais isolado do mundo exterior. Mesmo que tenham atividades que levem o idoso a sair do lar e passear pela rua, as atividades cotidianas são deixadas de lado.

Isso ocorre porque existem vários profissionais que trabalham nos lares de idosos, responsáveis pela limpeza, pelos remédios, pelas atividades físicas. Deste modo, o que incide muitas vezes é a isolamento do hóspede em praticar sua autonomia.

  • Distanciamento da família

Existem lares que admitem a entrada de familiares todos os dias. Mas isso não é uma regra. Sendo assim, a distância da família é praticamente que inevitável. Isso é um fator muito triste que pode de fato colaborar para doenças como a depressão.

Há a possibilidade de amnésia parcial da própria família. Por estarem mais despreocupados pelo fato do parente já estar sendo cuidado por profissionais, o esquecimento pode ser uma decorrência.

  • Insatisfação

Na maioria das vezes quanto mais velhos ficamos mais difícil é aceitar algumas mudanças. Quando você está na terceira idade as coisas ficam um pouco mais intensas.

A modificação de sair do seu lar e ir para um lugar estranho, pode ser complicado para qualquer um em qualquer fase da vida. O idoso dessa forma tem que deixar seu lar, um lar que possivelmente viveu boa parte da vida, e ir para uma casa com pessoas totalmente estranhas.

Dessa forma, a não ser que a pessoa seja bastante flexível e favorável a mudanças bruscas, a transição do seu lar para uma casa de idosos será um transtorno.

Quais outras alternativas podem ser adotadas?

Têm outras opções que podem ser seguidas quando o idoso está solitário ou quando se receia pela segurança e saúde dele. Veja também: 04 RAZÕES POR QUE UMA CASA DE REPOUSO PARA IDOSOS É UMA BOA OPÇÃO

  • Monitoramento pessoal de idosos

O monitoramento pessoal é um modo excepcional para garantir a segurança dos usuários.

O monitoramento pessoal é um serviço que pode ser reunida a qualquer decisão, ele serve de instrumento para os cuidadores, o indivíduo e as casas de idosos.

Dessa forma, o monitoramento garante um acompanhamento invisível, que é ativado em casos de emergências.

  • Cuidadores de idosos

Os cuidadores de idosos são uma ótima solução para aqueles que procuram uma alternativa às casas de repouso. Eles são profissionais adequados para atender e cuidar da saúde e das atividades de idosos.

É comum que os idosos rejeitem os cuidadores, muitos deles associam a contratação de um profissional com um pouco pejorativo.

  • Creches para idosos

Isso pode soar um pouco estranho, mas já está sendo divulgando no Brasil. Na creche, os idosos ficam uma boa parte do dia, fazendo atividades diversas que estimular a memória e a sensibilidade cognitiva. Além disso, outra grande vantagem é a socialização, um passo essencial para combater a solidão e a depressão.



Deixe uma resposta