14 dicas de viagens para idosos

A terceira idade está cada dia que passa mais moderna e inclusa em atividades dinâmicas, o que abrange muitas viagens e passeios, e não pense em somente em pequenas caminhadas, eles estão cada vez mais radicais. Por isso, iremos listar algumas dicas de viagens para terceira idade, são destinos incríveis que vão animar, quem já possui muitas histórias para contar.

Hotel fazenda: natureza e conforto!

Os hotéis fazenda são um dos lugares mais buscados nas viagens para terceira idade. As causas são meio óbvias, sendo impossível não relaxar e encontrar passeios em meio à natureza maravilhosa.

Teresópolis – Um dos destinos mais indicados para passar dias de paz no Rio de Janeiro, está a encantadora Fazenda Suíça Le Canton com decoração super inspirada. A hospedagem é repleta de atividades, como boliche, pista de esqui, salão de sinuca com bar, centro hípico (custo à parte), piscina climatizada com bar molhado e outros encantos. Mas, o SPA dá o toque final com diferentes massagens, banhos, tratamentos corporais, saunas, tudo de bom.

Pela cidade é provável encontrar restaurantes de qualidade, vinhos de primeira e lareiras que proporcionam uma atmosfera romântica. As feirinhas de artesanato deixam o ambiente mais descontraído ainda, entretanto, nem tanto quanto os esportes radicais que podem ser um verdadeiro desafio em uma viagem para a melhor idade! Por que não? Quem optar pelo sossego, ir para lá somente para descansar e curtir a natureza, já o motivo é grande.

Brotas – Outro destino muito procurado para hospedagens em hotéis fazenda, já que a cidade é rodeada de adrenalina e muita natureza. Possui mais de 30 cachoeiras banhadas pelo rio Jacaré-Pepira, reconhecido pelos diferentes esportes radicais, mas também pela relação com a extensa flora local. E em meio a esse belo lugar está o Hotel Areia Que Canta, cheio de aconchegos e belezas naturais.

Que tal uma pesca ou uma partida de tênis? Nesse hotel fazenda é possível aproveitar tudo isso e muito mais que viagens para a terceira idade podem proporcionar, até mesmo sauna, piscina, trilhas, passeios a cavalo, pedalinhos, caiaques, observação de pássaros… Sem falar na comida com gostinho de fazenda, com receitas típicas do interior feitas com frutas e legumes de plantação própria. Alguns produtos utilizados no café da manhã são colhidos direto da fazenda, como o leite tirado direto da vaca.

O Vale do Itajaí, mais exatamente Gaspar, também faz jus ao destaque por acomodar o Fazenda Park Hotel, com 2 milhões de m² de muita natureza! Aproveite para conhecer uma verdadeira fazenda cheia de animais, lago para pesca e até horta orgânica, que, não deixa de ter todo conforto e mordomia de um hotel, com piscinas térmicas e ao ar livre. Dias de descanso e contato com a natureza são preferências nas viagens para a terceira idade!

LEIA MAIS  Como adequar a casa para evitar acidentes domésticos com idosos

A água é um dos elementos da natureza que leva a cura para muitas pessoas (já que possuem propriedades medicinais), mas as águas termais nunca foram tão buscadas em viagens para a terceira idade. O EcologicVille Resort &Spa é uma das alternativas para desfrutar dessa maravilha, situado em Caldas Novas, a maior estância hidrotermal do mundo, cheia de parques aquáticos com águas que podem chegar a 56°C. Não é à toa que a cidade recebe cerca de um milhão de turistas por ano.

São sete piscinas de águas termais e naturais, além das saunas secas e a vapor para aproveitar bastante.  Um espaço holístico de SPA, cheio de terapias e relaxamentos também espera seus hóspedes para momentos de puro relaxamento.

Se você opta um pouco mais de cultura e animação, em uma das cidades mais importantes do roteiro turístico de São Paulo, dê preferência para Olímpia, e use e abuse do Thermas Park Resort & Spa e suas 3 piscinas de águas quentes e naturais, além de um gostoso SPA com sauna, massagens e tratamentos. Na cidade, é possível aproveitar o festival folclórico e o Parque Aquático Thermas dos Laranjais com mais de 50 piscinas aquecidas.

Villa diMantova Resort é outra alternativa de hospedagem, só que em Águas de Lindóia, uma cidade conhecida pelo Balneário Municipal de Águas de Lindóia e que recebeu o apelido de “Capital Termal do Brasil”. Entretanto, o destino foi modernizado e garante muito relaxamento com massagens, banhos aromáticos e outros meios para chegar ao nirvana, uma das melhores coisas em viagens para terceira idade.

No próprio resort já é provável se deliciar no Complexo Thermas Dei Leone, que apresenta piscinas de água mineral, saunas, hidromassagens, duchas escocesas, lago para pesca esportiva, pedalinho, fazenda, quadras esportivas… São tantas atividades que fica difícil conseguir aproveitar tudo! O importante é relaxar e curtir o melhor de Águas de Lindóia.

O que você acha de um SPA em suas viagens para terceira idade?

Na pacata cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, está o SPA São Pedro estimado um dos melhores do país. O diferencial de um hotel SPA, é que apresenta acompanhamento médico para corpo e mente, nutricionistas, profissionais para acompanhar as atividades físicas e todas as comodidades que trazem saúde para seus hóspedes.

E além dessas comodidades, os visitantes também curtem de piscinas aquecidas, quadras de esportes, sala de jogos, bingos, bailes caracterizados, gincanas culturais e aquáticas, passeios, cinema, apresentações e o que não poderia faltar, o SpazioBella, com serviços de massagem corporal e facial com custo à parte. E não dá para esquecer que a alimentação é toda organizada para perda de peso (de acordo com cada pessoa), mas nada de passar fome, são ao total 6 refeições: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

LEIA MAIS  5 cuidados que se deve ter com idoso acamado

E que tal Mairiporã? Também próximo de São Paulo (40 quilômetros), está o incrível Unique Garden cheio de atividades e uma estrutura de tirar o chapéu. Uma boa alternativa entre as viagens para terceira idade. Além do campo de golfe (custo à parte), sala de jogos, piscinas cobertas e ao ar livre, SPA Pandora com mais de 80 opções terapêuticas e estéticas (pago à parte), também se pode encontrar espaços específicos para reunir as famílias, bar com carta de vinhos característicos e drinks exclusivos.

Sem falar nos 3 restaurantes que agrupam cozinha mediterrânea, frutos do mar, cortes especiais de carnes, tudo feito com produtos orgânicos, caso você também opte por fazer um programa de controle de peso (supervisionado por profissionais).

Dicas para viagens na melhor idade

Viajar é sempre bom para a saúde física e mental. Então, para você que conseguiu chegar a melhor idade, se aposentou e tem mais tempo para se destinar as atividades agradáveis, é o momento de fazer a mala e desfrutar das inúmeras escolhas de viagens para expandir seus horizontes. Segue algumas dicas preciosas para que suas viagens na melhor idade sejam ainda melhor!

Preparativos para a viagem

1 – Faça um check-up com antecedência. Fale com seu médico sobre seus planos de viagem e escute com atenção as recomendações. Aproveite para conferir se as vacinas estão em dia, pois determinados países exigem vacinas específicas.

2 – Seguro de viagem é essencial para qualquer viajante e mais ainda para quem viaja na melhor idade. Convencione um bom seguro e tenha o voucher impresso sempre na bolsa de mão. Faça uma cópia do voucher e deixe com um/a companheiro/a de viagem. Se a viagem é em território nacional, confira quais hospitais do destino são conveniados com seu plano de saúde.

3 – Faça um acervo de medicamentos suficiente para toda a viagem e leve também as receitas de remédios de uso consecutivo. Caso você utilize produtos como fraldas ou absorventes geriátricos, é melhor levar um bom estoque, para evitar ter de comprar em farmácias de países cujo idioma você não domina.

4 – De Preferência uma mala leve, com extensor e com rodinhas. Evite malas pesadas, pois possivelmente você terá de lidar com elas sem ajuda.

5 – Telefone para o banco emitente de seus cartões de crédito e solicite a liberação para uso no exterior, se for o caso. E se você gosta de comprar, solicite um aumento no limite dos cartões, mas não se esqueça de que você terá de pagar IOF de 6,38% na fatura do cartão sobre compras no exterior. Use com bastante moderação.

LEIA MAIS  Saiba quais são os cuidados com idosos no inverno

6 – Deixe uma cópia do seu itinerário com seus familiares, avisando endereços e telefones dos hotéis onde você vai se hospedar.

7 – De Preferência a um destino que combine com o seu perfil de viajante. Você gosta de programação cultural e vida noturna. Lugares isolados podem não ser uma boa alternativa. Gosta de se sentir livre de horários e de ter tempo para descansar? Talvez seja melhor evitar aquelas excursões com horários muito rígidos e programação intensa. Afinal, você viaja para se divertir e não para se aborrecer. Sempre terá uma viagem que atenda às suas expectativas.

8 – Procure se informar sobre o clima no seu destino. Se você odeia frio, uma viagem à Europa em janeiro pode ser desconfortável. Lá, nessa época, os ambientes fechados são bem calafetados, mas os passeios externos serão uma tortura. Mesmo que você vista um super casaco, vai acabar com dor nas costas e no pescoço por vestir tanta roupa pesada.

9 – Determinados destinos muito apreciados para viagens na melhor idade compreendem as estâncias termais, as cidades históricas de Minas Gerais, as vinícolas e as fábricas de chocolates do sul do Brasil e as praias do nordeste. No exterior, Argentina e Portugal também são destinos muito procurados, mas estas são só algumas sugestões.

10 – Conserve tempo para descansar. Se o voo foi longo, você vai necessitar de dois ou três dias para se recuperar do jetlag, então faça uma programação mais leve nos primeiros dias.

11 – De Preferência acomodações que apresentem elevador ou peça um quarto no andar térreo. Você não vai querer começar o passeio arrastando bagagem escadaria acima, não é? Nem todo hotel apresenta serviço de carregador de malas!

12 – Utilize sapatos confortáveis e com solado antiderrapante. Não se arrisque a levar um tombo! Filtro solar, chapéu e uma garrafinha de água também são essenciais.

13 – Durante os passeios, guarde dinheiro, cartão de crédito e passaporte no moneybelt ou pequena pochete que necessitará ficar presa à cintura, por baixo da roupa. Deixe quantias maiores no cofre do hotel.

14 – Aprecie as atrações, mas preste muita atenção a pessoas suspeitas à sua volta. Em qualquer lugar do mundo, os idosos são as vítimas favoritas dos batedores de carteira. Aproveite a viagem, mas cuide-se bem!