Como lidar com os idosos durante a pandemia

Sem dúvida alguma, os idosos fazem parte do grupo de risco que merecem mais cuidado e atenção durante a pandemia do covid-19. Por isso, é importante estar sempre atento as informações dos órgãos de saúde para que os mesmos não sejão expostos durante esse período.

Porém, em meio a tanta confusão, é importante ter informações verídicas para que nenhuma medida seja tomada de forma incorreta. Pensando nisso, nós do residencial serenidade separamos algumas perguntas que normalmente são feitas sobre como lidar com os idosos durante a pandemia.

 

Estou sem nenhum sintoma, posso ter contato com os idosos?

O ideal é que mesmo sem sintomas, você evita ao máximo o contato com os idosos tendo em vista que algumas pessoas não apresentam sintomas logo de cara. Sendo assim, é importante prezar pela vida do seu ente querido. Mas é um bom momento para manter o contato através de meios tecnológicos e matar aquela saudade de um bom papo mesmo sem o contato físico.

 

Como abastecer a casa onde temos idosos com mantimentos e remédios sem expô-los a riscos.

É bem comum que os idosos necessitam de diversos medicamentos e em alguns casos mais específicos, uma alimentação mais balanceada e regrada. Por isso, é importante que em caso de pedidos via delivery, peça sempre para as entregas serem feitas na porta e opte sempre para o pagamento online, para que você não perca muito tempo na porta em contato com o entregador. 

Caso você tenha que sair para ir ao mercado, escolher sempre comprar em grandes quantidades e utilize sempre máscara. Procure também mercados com menos aglomeração e que estejam adotando medidas mais rígidas como quantidade de pessoas dentro do local e uso de álcool e máscara de forma obrigatória.

Ao chegar em casa, desinfete tudo o que comprar, toma banho e troque de roupa e deixe os sapatos de fora.

 

Como fazer com as consultas médicas?

 

É comum os idosos precisam fazer acompanhamento médico como consultas e exames de rotina. Nesse caso, é importante manter esse acompanhamento, porém, sempre evite caminhos com pouca aglomeração e sempre certifique-se que o idoso esteja trajado de luvas e máscara. Exija também que o consultório esteja seguindo as normas previstas. Ao chegar em casa, o mesmo processo, sapatos na portas e higienização total.

 

No caso de idosos mais teimosos que querem sair de casa, o que fazer?

Realmente essa é uma realidade de muitas famílias pois por serem de gerações diferentes, os idosos têm o costume de ter um contato muito próximo com as pessoas. Gostam de visitar, passear e conversar. Porém, nesse momento é importante o diálogo, e nesse caso procure a pessoa que o idoso mais escuta. Em algumas famílias são os filhos ou até mesmo o médico de confiança. Também usufrua da tecnologia e mostre como esse recurso pode ser útil para ele nesse momento.



Deixe uma resposta