Cuidados com idosos no inverno

Com a chegada da época mais fria do ano, os cuidados com a saúde e a imunidade devem ser redobrados. Especialmente entre os idosos, a gripe e resfriados característicos dessa época podem ser bem mais complicados de lidar.

As constipações e gripes são muito frequentes nos meses mais frios e, geralmente, curam-se de forma espontânea. Porém, podem surgir complicações, especialmente nas pessoas cuja resistência às infeções é menor, seja pela idade (65 anos ou mais) ou por sofrerem de alguma doença crônica.

O frio e a chuva aumentam os riscos das quedas nos mais velhos, tanto pelo piso escorregadio quanto pela menor capacidade de equilíbrio e de coordenação.
Seja para você ou para os seus pais, nós do Residencial Serenidade separamos aqui alguns dos principais cuidados que não podem faltar aos idosos nas estações mais frias com saúde e segurança.

Vacinar é prevenir

Quem tem idade igual ou superior a 65 anos deve vacinar-se contra a gripe anualmente, pois os vírus da gripe estão sempre em modificação e, consequentemente, todos os anos é produzida uma nova vacina. Esta medida é ainda mais importante para idosos que vivem em residências ou instituições. Os idosos deverão vacinar-se também contra a pneumonia (de cinco em cinco anos), pois a diminuição da temperatura está igualmente associada ao agravamento de doenças respiratórias e cardíacas.

Alimentação e hidratação

Ter uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes e com uma ingestão adequada de água é essencial para reforçar o sistema imunitário. Para quem gosta, as sopas são ótimas opções. Elas podem ser feitas com mandioquinha, abóbora, batata e muitos outros legumes. Bebidas quentes como chás, chocolates e cafés, para quem não tem nenhuma restrição, também são alternativas para esquentar o corpo no frio. Os idosos não costumam sentir aquele ‘pedido’ do organismo por água e, por isso, precisam criar o hábito de beber água mesmo sem sentir essa vontade. Já em termos de vestuário, usar roupa quente e cachecol, luvas e gorro para proteger as zonas mais expostas é importante para manter a temperatura corporal. Também ajuda a nos adaptarmos facilmente à temperatura exterior e interior, evitando mudanças bruscas.

LEIA MAIS  COMO PREVENIR E QUAL O TRATAMENTO PARA DEMÊNCIA NOS IDOSOS?

Medidas anticontágio

Lavar frequentemente as mãos e tossir ou espirrar para um lenço de papel ou para o antebraço são regras de “etiqueta respiratória” que evitam o contágio. Ventilar diariamente a casa e tentar, na medida do possível, não ter um contacto muito próximo com pessoas que estejam constipadas ou com gripe são outros conselhos importantes, especialmente em tempos de Covid-19, não é?

Cuidado com as quedas

As quedas são frequentes nos idosos, especialmente nos meses de inverno, e podem ser a causa de traumatismos e fraturas (bacia e braços estão entre as mais comuns). Nesta fase da vida, a recuperação pode ser lenta e envolver complicações que podem pôr em risco a vida do idoso. Por isso, é importante usar sempre sapatos com sola antiderrapante e evitar sair de casa em dias muito frios e/ou chuvosos.

 

A terceira idade é uma fase da vida que exige muita atenção e cuidado. Para muitos, cuidar da saúde e do bem-estar dos idosos é um desafio constante. Para isso, você sempre pode contar conosco do Residencial Serenidade.

Confira nosso blog e acompanhe nossas novidades nas redes sociais!



Deixe um comentário