Entenda a importância do contato familiar para idosos em casas de repouso

A terceira idade é uma fase de muitos aprendizados e desafios que todos nós estamos propensos a passar. Passamos a vida em busca de saúde e conforto para passar por isso tudo com saúde e disposição. Entretanto, na maioria dos casos essa idade requer um pouco mais de atenção por parte das pessoas queridas. Com o passar do tempo, alguns sinais de debilitação começam a aparecer e muitos não conseguem mais fazer as mesmas coisas sozinhas, precisando assim de um acompanhamento. Claro que ninguém gostaria de ser abandonado pelos seus familiares quando avançar a idade, não é mesmo? Por isso, hoje separamos aqui algumas informações para que você entenda a importância do contato familiar para idosos em casas de repouso.

Acompanhe!

O que o idoso pode enfrentar com o isolamento da família

Um dos maiores problemas relacionados ao envelhecimento tem a ver com o isolamento social e a solidão. Pesquisas recentes e a experiência prática mostra que os idosos que perdem ou têm suas capacidades diminuídas, carregam consigo a expectativa de receberem mais atenção, carinho e cuidados de seus filhos e netos. O fato é que, nesta fase da vida, o idoso precisa sentir-se valorizado, viver com dignidade e receber o apoio da família.

A importância de manter o contato familiar para idosos em casas de repouso

Independentemente do lugar no qual o idoso viva — em casa ou num lar de repouso —, é fundamental compreender a importância da família, do acolhimento, da atenção e das visitas frequentes. Muitos são esquecidos dentro do próprio lar, excluídos do convívio familiar. Nos asilos, a ausência dos parentes é ainda maior.

Além disso, a família deve agir sempre de forma ativa, integrando e incluindo o idoso em suas atividades do dia-a-dia. Esse tipo de atitude é essencial. O idoso está em uma fase sensível da vida e, por isso, precisa de mais atenção, carinho e acolhimento. Por isso, é fundamental reservar um tempo para o convívio com o idoso, oferecendo-lhe um pouco de afeto.

LEIA MAIS  7 benefícios da arteterapia para idosos

As tarefas diárias e o estilo de vida podem dificultar a presença da família no cotidiano do idoso, mas as possibilidades de conciliar estes papéis são muitas e não podem ser deixadas de lado.

Compreenda as suas reclamações, implicâncias, tudo isso faz parte da fase. Eles precisam de muito mais do que comida e roupa lavada. Deixe que falem sobre suas histórias e experiências, se coloque no lugar dele e saiba ouvir de forma atenciosa.

Além dessa atenção e cuidado, sempre que possível, tente os incluir em atividades familiares, como almoços e reuniões. Incentive-o a fazer algumas atividades físicas e de lazer, como caminhadas e jogos. Elas favorecem o seu desenvolvimento.

Como manter contato com o idoso?

Na hora de escolher uma casa de repouso, leve em conta a questão da proximidade, pois você deverá fazer visitas muito frequentes para manter o vínculo com o idoso sempre em dia. Além disso, verifique com o local os recursos que eles também oferecem para facilitar isso.

Analise também a limpeza, a qualidade dos alimentos, o número de funcionários por plantão, se há sugestões de interação, se os moradores, seus familiares e os funcionários estão satisfeitos e só então, tome sua decisão.

 

Entre em contato conosco e conheça nossos planos e possibilidades para oferecer sempre o melhor para quem já está na melhor idade. A segurança vem para a família e para o idoso.

Visite nosso blog e redes sociais fique por dentro das novidades!



Deixe um comentário