Exercitando a mente do idoso através da arte

A arte é uma excelente forma de entretenimento e de compreensão do mundo em qualquer fase da vida. Ela tem a capacidade de fazer o nosso pensamento fluir, a criatividade aflorar e a emoção desabrochar. Na terceira idade, os benefícios são ainda maiores. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, OMS, exercitando a mente do idoso através da arte, conseguimos estimular todos os sentidos e manter uma mente ativa e saudável. Promovê-la e possibilitá-la para as pessoas oferece uma dimensão adicional, ou seja, em todos os sentidos somos estimulados.

Quer conhecer os benefícios que a arte proporciona aos idosos? Continue a leitura e confira.

Quais atividades envolvem a arte na terceira idade?

Clubes, associações e entidades podem ser grandes aliados ao oferecerem um incentivo fácil e acessível para todos os idosos experimentarem a arte. Muitos utilizam a arteterapia para incentivar e promover oportunidades para pinturas, desenhos, esculturas e artesanato, por exemplo. Algumas opções de atividades que envolvem arte são:

• visita a museus ou exposições (muitas são gratuitas);
• assistir apresentações musicais;
• apresentações teatrais;
• corais ou grupos de canto;
• ouvir músicas;
• dançar.

E quais benefícios a arte na terceira idade traz?

Seja em uma atividade individual ou coletiva, a arte na terceira idade estimula a criatividade no idoso, assim como em qualquer outra idade. Ele passa a escolher a forma, a cor e o jeito que deseja fazer o seu trabalho, se quer dançar ou interpretar, se quer cantar ou pintar e dessa forma, tem sua autoconfiança fortalecida.

Atividades como dançar, representar, desenhar, pintar, crochetar, fazer esculturas e artesanatos estimulam a coordenação motora, melhoram os movimentos e ajudam a promover uma maior independência ao idoso. Além disso, essas atividades também estimulam a visão e a audição.

A arte na terceira idade também é muito importante para estimular a memória. Quando a pessoa está sempre aprendendo algo novo, ela está desenvolvendo o que já aprendeu e expressando as suas lembranças.

LEIA MAIS  Presbiacusia: saiba mais sobre a perda auditiva nos idosos

O sentimento de pertencimento trazido pelas atividades artísticas também ajudam o organismo a produzir os hormônios da felicidade, entre eles a dopamina, o que promove a sensação de bem-estar.

Seja mostrando uma pintura, apresentando um trabalho artesanal pronto, cantando ou dançando: é comprovado que há um aumento da confiança, melhora no humor e elevação da autoestima. Todas essas sensações facilitam a socialização do idoso no meio familiar ou grupal.

Como se pode observar, exercitando a mente do idoso através da arte, você promove a sua criatividade, de aprender coisas novas, elevar sua autoestima e beneficiar sua saúde física e mental.

 

Sabendo de todos esses benefícios, aproveite para conferir nosso site e nosso blog e confira tudo que nós da Serenidade temos a oferecer para quem já está na melhor idade!



Deixe um comentário