Terapia Ocupacional, os benefícios da terapia ocupacional na terceira Idade

Para envelhecer de forma plena, é essencial ter um meio de exercitar a mente e o corpo. Por conta disso, os

benefícios da terapia ocupacional na terceira idade tem sido cada vez mais explorados.

A terapia ocupacional é uma área da saúde que tem como objetivo proporcionar mais qualidade de vida para idosos. Para isso, são utilizadas diferentes técnicas e métodos que trabalham o fortalecimento mental e físico.

Mais do que isso, essa abordagem também visa estimular o convívio social. Assim, os praticantes conseguem criar laços, e ter uma vida mais saudável e plena.

5 benefícios da terapia ocupacional na terceira Idade

 

Os benefícios da terapia ocupacional na terceira idade são os mais variados. Além de ser uma forma de promover bem-estar, esse método também auxilia no empoderamento dos idosos.

 

  • Diminui o risco de doenças

 

Por trabalhar tanto o corpo quanto à mente, essa abordagem ajuda na prevenção de uma série de doenças. Entra elas, podemos citar: depressão, ansiedade, hipertensão, diabetes, obesidade, artrite, osteoporose entre outras.

 

  • Reabilitação de movimentos

 

Mais um dos benefícios da terapia ocupacional na terceira idade é que ela ajuda no processo de reabilitação. Isso porque, ela trabalha diferentes tipos de movimentos, auxiliando o praticante a retomar a sua capacidade motora.

 

  • Sociabilidade

 

O método também tem um papel fundamental na sociabilidade do idoso. Isso porque, ele estimula o convívio social, fazendo com que o participante entre em contato com outras pessoas e desenvolva laços mais profundos.

 

  • Desenvolvimento de novas habilidades

 

Entre os benefícios da terapia ocupacional na terceira idade também podemos citar o aprimoramento de habilidades. Por mesclas diferentes técnicas e dinâmicas, essa abordagem ajuda o idoso a desenvolver novas habilidades e aprimorar as existentes.

 

  • Diminui os sintomas de doenças

 

A metodologia também ajuda a diminuir o impacto de doenças comuns entre os idosos, como a depressão, o AVC e o Parkinson. Graças as atividades, os praticantes acabam exercitando o corpo e a mente.  

Por conta de todos esses benefícios da terapia ocupacional na terceira idade, é que essa técnica tem se tornado cada vez mais popular. Com ela, é possível envelhecer de forma mais plena e com saúde.

Como a terapia ocupacional gera bem-estar?

A terapia ocupacional é uma área da saúde que tem como objetivo gerar mais autonomia e bem-estar para os praticantes. Para isso, ela utiliza de ocupações e atividades do dia a dia.

Por conta disso, ela é muito recomendada para idosos. Isso porque, com o envelhecimento, acabamos perdendo muitos movimentos, e vão surgindo limitações. Essa técnica proporciona mais qualidade de vida porque:

  • Trabalha com a reabilitação de movimentos;
  • Geralmente é realizada em grupo, o que estimula a socialização;
  • É aplicada por profissionais capacitados, que dão todo o suporte necessário para os alunos;
  • Pode ser praticada por qualquer pessoa, independentemente das limitações.

Mais do que uma forma de proporcionar uma ocupação para os idosos, essa técnica é uma maneira de envelhecer com mais saúde.

Retomando a independência com a terapia ocupacional

Um dos benefícios da terapia ocupacional na terceira idade é que ele dá mais independência para o idoso. Isso porque, ele irá realizar atividades que o ajudarão a retomar o controle sobre o corpo e a mente.

Além disso, várias dinâmicas também incentivam que os alunos criem produtos úteis. Muitas vezes, é possível até comercializados.

Por conta disso, um dos principais benefícios da terapia ocupacional na terceira idade é a independência. Com ela, o idoso não se sentirá mais limitado.

Quer conhecer mais sobre esse método? Então confira o site do Residencial Serenidade. Aproveite e veja o artigo “Fisioterapia – Fisioterapia na promoção e prevenção da saúde na terceira idade”.



Deixe uma resposta